website free tracking

Metendo na minha noiva

Desde que comecei a namorar com a minha noiva, nunca imaginei que nosso sexo seria tão incrível. Ela é uma mulher linda, com um corpo escultural e um jeito de me olhar que me deixa louco de desejo. E foi assim, cheio de desejo e vontade de fazê-la gozar, que eu a levei para um fim de semana em uma casa de praia.

A preparação

Fiz questão de preparar tudo para que nossa noite fosse perfeita. Comprei velas aromáticas, coloquei pétalas de rosas pela casa e escolhi uma trilha sonora sensual. Minha noiva chegou mais cedo do que eu esperava e, ao entrar na casa, seus olhos brilharam ao ver tudo o que eu havia organizado.

Ela se aproximou de mim, me beijando com intensidade e suas mãos já começaram a explorar meu corpo. Senti seu desejo ao sentir sua respiração quente em meu pescoço e suas unhas arranhando de leve minhas costas.

O primeiro orgasmo

Retribuí seus toques, acariciando seus seios e descendo lentamente até sua bucetinha, que já estava molhada de tesão. Comecei a lamber seu clitóris e ouvi sua respiração ficar mais pesada, seus gemidos aumentaram e senti seu corpo tremer quando ela gozou em minha boca.

Ela me olhou com um sorriso safado no rosto e me puxou para a cama. Tirou minha roupa e me jogou na cama, subindo em cima de mim e cavalgando meu pau com vontade. Seus movimentos eram rápidos e intensos, e eu não conseguia me segurar por muito tempo. Gozei junto com ela, sentindo seu corpo tremer novamente.

A noite prometia

Depois de recuperarmos o fôlego, nos abraçamos e ficamos conversando sobre nossas fantasias e desejos. Descobrimos que tínhamos muitas coisas em comum e a noite prometia ser ainda mais quente.

Ela se levantou e me olhou com um olhar malicioso. Se ajoelhou na minha frente e começou a fazer um boquete delicioso, chupando meu pau com vontade e olhando nos meus olhos. Coloquei minhas mãos em seus cabelos, controlando o ritmo e me segurando para não gozar rápido demais.

Explorando seu corpo

Quando achei que não aguentava mais, ela parou e se deitou na cama, abrindo as pernas e me chamando com um gesto. Me posicionei entre suas pernas e comecei a chupar sua bucetinha com vontade, alternando entre lamber seu clitóris e penetrá-la com meus dedos. Ela gemia alto e suas mãos arranhavam minhas costas, me deixando ainda mais excitado.

Quando ela estava prestes a gozar, parei e me posicionei para penetrá-la. A visão de sua buceta molhada e pronta para mim me deixou ainda mais duro. Coloquei meu pau na entrada de sua bucetinha e, lentamente, comecei a entrar dentro dela.

O gozo intenso

Seu corpo se contorcia debaixo de mim, seus gemidos aumentavam a cada estocada e eu não conseguia me segurar por muito tempo. Aumentei o ritmo e notei que ela também estava perto de gozar. Segurei suas pernas e a penetrei com mais força, até que ela gozou novamente, agora ainda mais intenso do que antes.

Ela me apertou com força, gozando em meu pau e me levando junto com ela. Gozamos juntos, em um orgasmo tão intenso que parecia que nossos corpos estavam se fundindo. Caímos exaustos na cama, nos beijando e nos abraçando.

A madrugada ainda prometia

Depois de nos recuperarmos, tomamos um banho juntos e voltamos para a cama. A madrugada ainda prometia muitas outras aventuras e nós estávamos prontos para explorar cada pedacinho do corpo um do outro.

Fizemos sexo em diversas posições, explorando cada canto da casa. Ela me chupou debaixo da mesa da cozinha, enquanto eu a fodia com força. Transamos no sofá, na varanda e até mesmo no chão da sala.

E cada vez que gozávamos, era como se estivéssemos nos descobrindo ainda mais. Nosso prazer era mútuo e nossos corpos se encaixavam perfeitamente.

O amanhecer

Quando o sol começou a nascer, estávamos deitados na varanda, abraçados e olhando o mar. O amanhecer estava lindo e nós estávamos satisfeitos, tanto na alma quanto no corpo. Ficamos ali, apenas nos curtindo e aproveitando o momento.

Pouco tempo depois, ela se levantou e me puxou para dentro da casa, com um olhar malicioso. Nosso fim de semana ainda não tinha acabado e eu mal podia esperar para ver o que mais ela tinha planejado para nós.

Conclusão

Essa foi apenas uma das muitas noites incríveis que tive com a minha noiva. A cada dia, nosso relacionamento fica mais forte e nosso sexo mais intenso. Seja em uma casa de praia ou no conforto de nosso lar, sempre encontro maneiras de surpreendê-la e fazer com que ela goze como nunca antes.

E o melhor de tudo é saber que ainda temos muitas outras noites como essa pela frente. Mal posso esperar para explorar ainda mais o corpo dela e fazer com que ela goze ainda mais intensamente. Porque, quando se trata de sexo, não há limites para o prazer que podemos proporcionar um ao outro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima