Seduzindo a Cunhada – Uma Noite de Prazer Intenso

Sempre quis seduzir a cunhada. Ela é idosa que eu sou dois anos mais novo, e tivemos o primeiro contato quando assistimos a uma festa juntos. Desde então estava encantado com ela e louco para dar o primeiro passo. Porém até então minhas tentativas foram todas frustradas. Certo dia, meu irmão saiu para trabalhar com a mulher e me pediu para cuidar da cunhada enquanto ele estava fora. Eu aceitei e estava ansioso para poder aproveitar a oportunidade, de ter a cunhada sozinha em casa.

Nos primeiros dias ficamos conversando e ela foi batendo na minha bola, me mandou um convite para assistir um filme com ela na sala. Fiquei feliz com o convite, e ela passou o filme que tinha escolhido.

Durante a sessão ela sempre colocava a mão em cima da minha coxa, e essa era a sinal que eu precisava. Coloquei a mão na dela e ela retribuiu olhando nos meus olhos. Então, fechei os meus lábios nos dela, me aproximando de sua boca. Ela me beijou com vontade e não paramos mais, estávamos loucos para dar início a nossa noite de prazer.

Tiramos a roupa com pressa e fomos direto para a cama. Ela estava tremendo de desejo enquanto eu a acariciava todinha, de cima a baixo. Eu sabia que ela estava gostando muito, pois ela correspondia todos meus carinhos com mais desejo ainda. Ela começou a subir em cima de mim e me beijar com vontade.

A calçinha dela estava molhada e eu sabia que aquela jovem senhora estava querendo muito que eu a penetrasse. Então, comecei a acariciar a buceta dela, ela retribuia com gemidos e senti que ela estava pronta para ser devorada pelo meu pau. Fui enfiando ele bem devagarzinho, eu queria que ela sentisse cada milímetro da minha pica invadindo seu corpo. Ela gritava de prazer enquanto eu a mandava para o teto, meu cu passando por baixo de seu corpinho maravilhoso.

Quando entrei todinho nela ela gemia e suplicava por mais. Ela queria que eu forçasse meu pau por todas as foram dentro dela. Comecei a bombar com força, enfiando meu pau até sua garganta. Foi quando eu senti o seu orgasmo derramando seu gozo por todas partes, feltrando a cama.

Então, eu desci do seu corpo e me sentei na cama, ela veio por trás e me deu um boquete maravilhoso, me chupando com vontade. Enquanto isso, eu massageava sua buceta e ela retribuia com gemidos. Ela desceu pelo meu corpo, beijando cada parte. Quando chegou na minha piroca ela começou a lamber cada parte, me chupando como se estivesse com muita sede.

Foi nesse momento que eu não resisti mais e gozei de prazer. Ela abocanhou meu pau e sugou cada gozada que eu derramei. Ficamos ali na cama conversando e nos beijando por muito tempo. No final, ela se levantou e me deu um beijo de despedida antes de sair. Naquele momento eu sabia que fiz toda a diferença, e que a noite de prazer intenso que tive seduzindo a cunhada, em breve seria repetida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima