Negão sacudo comeu minha buceta

Eu tinha falado com aquele negão sacudo pela internet fazia alguns meses, mas ainda não tínhamos conseguido marcar aquele encontro que tanto queríamos. Ele era um misto de torresmo e filé mignon. Parecia saído diretamente dos meus sonhos mais quentes. Um corpanzil daqueles e com o detalhe: aqueles caracóis bem modelados que podiam ser pegas com fome. Ele me dizia que queria conhecer a verdadeira mulher que existia por trás daquelas imagens que havia trocado comigo e eu me sentia empolgada como das primeiras vezes que estamos prontos para encarar algo tão desejado e quase inimaginável.

A noite da primeira vez com o negão sacudo

Finalmente chegou o dia em que eu o encontraria naquele motel. Não poderia ter estado mais atraente para aquela noite especial. Coloquei o vestido de renda mais sexy que tinha e saí de casa com as borboletas na barriga por saber que estaria encontrando aquele homem maravilhoso e que ele representava tudo aquilo que eu queria e necessitava.

Quando entrei no quarto, ele apareceu de um lado para o outro como se estivesse mirando a sua presa. Eu podia sentir seus olhos encostando em toda a minha pele, me fazendo tremer e respirar com dificuldade. Ele disse que gostava da maneira como eu estava e que meu feminino estava me dando um efeito particularmente lindo.

Foi aí que ele se aproximou de mim, pegou minha boca e me deu um beijo que possuía uma magia especial. Me sentia como se o tempo tivesse parado e que eu estivesse sendo atraída por algo tão forte que me fazia gemer e querer mais.

Ele me pegou com força e apertou minha cintura para trás. Eu queria ainda mais aquela intimidade e então comecei a me mover para frente. Não demorou muito para começarmos a nos beijar e então eu senti sua língua tocando a minha, me fazendo estremecer e ter medo ao mesmo tempo.

Suas mãos começaram a se mover em meu corpo, deslizando pela minha cintura e costas, me fazendo gritar um pouco enquanto me desviava para beijar meu pescoço e se movia para provocar ainda mais meu prazer. Suas mãos não paravam de passar por meu corpo, explorando cada detalhe e mostrando o quanto ele queria me tocar.

Em seguida ele me virou e começou a beijar meu pescoço enquanto suas mãos massageavam meus seios. Eu gemia alto, sentindo as sensações intensas que estava sentindo. Então, ele começou a me tirar lentamente a roupa, deslizando seus dedos por meu corpo, me deixando ainda mais excitada.

Quando os meus seios ficaram expostos para ele, ele os começou a beijar e chupar enquanto massageava meus mamilos. Eu gemia como louca, sentindo uma sensação de prazer incontrolável. Então, ele abriu minha bucetinha com sua língua e começou a me provocar com uma delícia inigualável, me fazendo gemer cada vez mais.

Até que eu senti o desejo de sentir o seu pau dentro de mim, me fazendo sentir ainda maia prazer. Ele me pegou nos braços e me levou para a cama, me colocou de quatro e veio por trás de mim. Então eu senti seu membro tocar minha buceta e nesse momento o prazer foi tamanho que eu não pude mais aguentar e gozei como nunca imaginei.

Ele então me colocou de costas e entrou dentro de mim com toda a intensidade que eu desejava. Eu me sentia extremamente tomada pelo prazer, e meu corpo respondia a cada movimento dele. Ele me olhava intensamente, me mostrando como aquilo estava sendo intenso para ele também.

Então eu senti que estava chegando ao meu ápice de prazer, e dei tudo de mim para acompanhar aqueles movimentos. Era como se eu não pudesse me conter, nem me controlar. E então eu me dei por inteira para ele e o gozei com toda a força que meu corpo permitia.

Naquele momento eu me senti tão livre, tão completa, como se todas as minhas dores e tristezas tivessem desaparecido. Era como se eu tivesse encontrado uma nova vida, tocada pela mão de um verdadeiro negão sacudo. Eu me sentia uma nova mulher, e estava feliz por ter me entregado a ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima