Dividindo a namorada com uma amiga

Eu sabia que ela era uma mulher irresistível desde o momento que a vi pela primeira vez. Seu olhar provocante, seu sorriso sedutor e seu corpo escultural me deixavam completamente louco de tesão. E o melhor de tudo, ela era minha namorada. Mas não apenas minha, ela era nossa. Deixávamos bem claro que nosso relacionamento era aberto e que podíamos nos envolver com outras pessoas, desde que fosse com o consentimento do outro.

E foi assim que começou a nossa aventura mais quente e excitante até então. Eu e ela estávamos em uma festa, rodeados de amigos, bebidas e muita música. E lá estava ela, dançando sensualmente com uma amiga nossa. Seus corpos se esfregavam de uma forma tão provocante que meu pau já começou a ficar duro só de olhar. Ela me olhava com aquele sorriso malicioso, sabendo que estava me deixando louco de tesão. Então ela se aproximou e sussurrou no meu ouvido: “Quer dividir a namorada comigo hoje?”

Meus olhos se arregalaram de excitação e eu não consegui conter um sorriso safado. Sabia que minha namorada não estava brincando e que estava disposta a realizar essa fantasia que sempre tivemos. E eu, é claro, não iria desperdiçar essa oportunidade.

Sem pensar duas vezes, seguimos para o quarto de um amigo que havia nos emprestado para a ocasião. Minha namorada e sua amiga já estavam se beijando fervorosamente quando chegamos. Eu as observava, sentindo meu pau latejar de desejo. Elas me olharam e sorriram, sabendo que eu estava totalmente excitado.

Sem demora, eu me juntei a elas, beijando minha namorada com vontade enquanto sua amiga acariciava meus cabelos. As mãos delas exploravam meu corpo por cima da roupa, enquanto eu deslizava minhas mãos pelo corpo delas, sentindo a pele macia e quente.

Minha namorada me puxou para um beijo mais intenso, enquanto sua amiga se ajoelhava na minha frente e começava a desabotoar minha calça. Eu já estava duro como uma rocha, pronto para receber os prazeres que elas tinham a me proporcionar.

Sua amiga não perdeu tempo e caiu de boca no meu pau, chupando com maestria enquanto eu gemia de prazer. Eu olhava para minha namorada, que me olhava de forma safada e me beijava com intensidade. Ela sabia como me deixar louco.

Enquanto sua amiga se deliciava com meu pau, minha namorada começou a tirar sua roupa devagar, me provocando com seu corpo perfeito. Ela me deixava tocar em seus seios, mas sempre tirava minha mão antes que eu pudesse chegar na sua bucetinha molhada.

Ela se deitou na cama e me puxou para cima dela, enquanto sua amiga continuava me chupando. Eu estava em êxtase, sendo chupado por uma e beijando outra. Eu me entregava ao prazer sem pudores, sem medo de ser julgado. Eu só queria gozar junto com elas.

Minha namorada passou a língua pelo meu pescoço e sussurrou no meu ouvido: “Dividindo a namorada com sua amiga, vai ser gostoso demais”. Eu não conseguia nem responder, apenas gemia e beijava sua boca com vontade.

Então ela se virou e ficou de quatro, me oferecendo sua bunda perfeita. Eu não perdi tempo e comecei a chupar sua buceta molhada, enquanto sua amiga me chupava por trás. Eu nunca tinha sentido tanto prazer em minha vida. Era quase como se estivesse em um filme pornô, mas melhor, porque era real.

Eu chupava minha namorada enquanto ela gemia alto e sua amiga me chupava com vontade. Eu não aguentava mais de tanto tesão e pedi para comer minha namorada. Ela sorriu e se virou para mim, ficando de frente. Eu a penetrei com tudo, fazendo-a gemer alto e pedir mais. Suas mãos agarravam minha bunda, me puxando para mais perto e me fazendo gozar dentro dela em poucos minutos.

Enquanto eu gozava dentro da minha namorada, sua amiga continuou chupando minha piroca, sugando cada gota de gozo que saía. Eu estava em êxtase, sentindo o orgasmo mais intenso que já tive.

Depois de me recuperar, eu quis retribuir o prazer que elas me proporcionaram. Fiz minha namorada deitar na cama e me ajoelhei na sua frente, enquanto sua amiga chupava seus seios e beijava sua boca. Eu chupei sua bucetinha com vontade, fazendo-a gemer alto e gozar na minha boca. Eu saboreava cada gota do seu gozo, enquanto ela se contorcia de prazer.

E assim foi nossa noite, dividindo a namorada e nos entregando ao prazer sem limites. Nós três gozamos inúmeras vezes, em diversas posições e com muita intensidade. Foi uma experiência única e maravilhosa, que nos uniu ainda mais e nos fez sentir um prazer indescritível.

No final da noite, já exaustos e satisfeitos, nos abraçamos e dormimos juntos, como sempre fazíamos. No dia seguinte, acordamos com um sorriso no rosto e a certeza de que sempre estaríamos abertos a novas experiências e a dividir o prazer com quem amamos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima